Domingo, 14 de Julho de 2024
31°

Parcialmente nublado

São Luís, MA

Geral maranhão

Especial SLZ 411 anos: Investimentos em segurança e cidadania impulsionam futuro próspero da capital

Governo do Maranhão

07/09/2023 às 18h03
Por: wallyson sousa
Compartilhe:
Especial SLZ 411 anos: Investimentos em segurança e cidadania impulsionam futuro próspero da capital

Neste aniversário de 411 de São Luís, celebrado no dia 8 de setembro, o Governo do Maranhão comemora não apenas o passado rico e culturalmente diversificado da cidade, mas também olha para o futuro com uma visão de prosperidade. Em meio às celebrações, são destacados os significativos investimentos do estado em segurança pública e cidadania. Essas ações têm ajudado a construir uma São Luís mais segura, inclusiva e promissora para todos os ludovicenses.

 

Segurança Pública

O Governo do Maranhão já acumula mais de R$ 17 milhões em investimentos na segurança ludovicense, com um total de 24 obras que incluem serviços de adequação, revitalização, ampliação e construção de delegacias de Polícia Civil, batalhões da Polícia Militar, aquisição de armamento, viaturas e na qualificação de policiais, além da aquisição de um Caminhão de Combate a Incêndio para serviço exclusivo no Centro Histórico. Um grande destaque para o já inaugurado Complexo de Segurança Pública da Vila Maranhão, construído em parceria com a LIGGA – Projeto Porto São Luís, para ser um reforço importante para a segurança de moradores da região e do entorno. Deste total de 24 obras, 13 delas já foram concluídas e devem ser entregues à população durante todo o mês de aniversário da capital.

Ainda em benefício da segurança da capital, estão em execução mais 12 obras que devem ser entregues até dezembro de 2023, como  a reforma e ampliação do complexo CSU do 2º Batalhão e das delegacias do 7° Distrito Policial em São Luís (Bairro Habitacional Turu), do Plantão Geral no Bairro Cohatrac, Delegacia de Roubos e Furtos da Vila Palmeira, do 13º Distrito Policial e do 15º Distrito Policial, Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do Centro/Beira Mar, Complexo Itaqui-Bacanga (Plantão Central), além das reformas da Delegacia Geral de Polícia (Marquise) e do auditório Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

Também estão em execução os serviços de manutenção do prédio anexo do Palácio dos Leões onde funciona a Companhia de Polícia de Guardas Independente. Também estão em obra de reparos o muro, estacionamento, passeio, lixeira, passarela e guarita da Funac Vinhais, bem como s serviços de estabilização do talude do Corpo de Bombeiros, no Bacanga.

Ainda como parte do fortalecimento da segurança pública, em São Luís, ainda nesta semana, o Governo programou a promoção de 66 oficiais da PM e 35 oficiais do Corpo de Bombeiros, tanto da capital quanto do interior do estado. A iniciativa estadual reconhece e valoriza o comprometimento desses profissionais em proteger os ludovicenses, além de assegurar um maior nível de treinamento, capacitação e experiência, o que resulta em uma força de segurança mais competente e preparada para lidar com desafios complexos.

Os investimentos do Governo do Estado na garantia da ordem pública já são notáveis nos oito primeiros meses de 2023, se comparado com 2022, com a  diminuição nos crimes de homicídios e latrocínios (roubo seguido de morte), que são categorizados como crimes violentos letais intencionais. Os dados são do boletim periódico da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

Este avanço é especialmente notável na categoria latrocínio, que registrou uma redução de 55%, quando comparado com o mesmo período de 2022. Os homicídios também diminuíram cerca de 26%. Vale ressaltar que não houve registro de lesão corporal seguido de morte na Grande Ilha neste ano.

“Todo esse investimento teve reflexo na redução dos índices de criminalidade. Na ilha de São Luís, tivemos uma redução de quase 30% dos crimes violentos letais intencionais que são homicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio. O governador Carlos Brandão tem priorizado esses investimentos na segurança pública para beneficiar a população de São Luís, da Grande Ilha e de todo o Estado do Maranhão, para que todos tenham tranquilidade e bem-estar social”, pontuou o secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Maurício Martins.

 

Cidadania

Na área da cidadania, em São Luís, o Governo do Maranhão promoveu iniciativas de assistência social e de desenvolvimento econômico a partir dos oito Restaurantes Populares e uma cozinha comunitária, que disponibilizam 16.725 refeições diárias e 96.725 mensais. Além disso, a capital maranhense conta com o Banco de Alimentos do estado, que já arrecadou cerca de 378 toneladas de alimentos e o atendimento a 95 entidades, alcançando cerca de 17 mil crianças.

Ainda no âmbito do desenvolvimento econômico, o governo tem, em São Luís, programas como o "Formando e Cozinhando", que possibilitou a 73 alunos a qualificação técnica e teórica em cozinha básica. Os jovens foram inseridos no mercado da gastronomia e incentivados à criação dos seus próprios negócios.

Outro grande destaque do estado é o Programa Mais Renda, que visa melhorar a qualidade de vida e a independência financeira de pessoas em situação de vulnerabilidade em São Luís. Ele oferece capacitação, apoio financeiro e orientação a empreendedores que atuam em áreas como alimentação, beleza, costura e confeitaria, ou para aqueles desempregados com aptidão nessas áreas.

“O Mais Renda é um grande programa do governo em que, na gestão Carlos Brandão, conseguimos ampliar em 40% o número de famílias beneficiadas. Aqui em São Luís e na região metropolitana, tivemos mais de 600 famílias contempladas. E a gente tem tudo para fazer ainda mais com a determinação do nosso governador”, enfatizou o secretário de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), Paulo Casé Fernandes.

Beneficiário na área da alimentação, Carlos Araújo Silva explica como o programa impactou de forma positiva a sua renda, assegurando mais segurança financeira e qualidade de vida à sua família.

“Antes, nós trabalhávamos na porta de casa, vendendo o nosso churrasco. Depois que adquirimos os equipamentos adaptados, a gente passou a ter mais segurança na forma de trabalho, ficou mais fácil. O nosso equipamento é um carro de churrasco, a gente tem como levar para qualquer lugar, além dos eventos em que somos convidados a participar”, disse o empreendedor.

Carlos, que integra a lista dos beneficiários convidados a participarem dos eventos promovidos pelo Governo do Maranhão, enfatiza que o Mais Renda foi fundamental para a sua autoconfiança como empreendedor. “O programa contribuiu para a minha confiança como empreendedor, porque é com ele que eu tiro o sustento da minha família, que eu consigo manter minhas contas em dias. Foi por esse programa que alcançamos grandes vitórias como a reforma da nossa casa, a compra de um veículo e móveis”, destacou.

A partir do êxito no ramo, o empreendedor agradece pela iniciativa estadual e pontua que já tem planos de abrir um restaurante e, assim, gerar emprego e renda em São Luís.

“A gente sempre pensa em crescer, ter algo ainda mais estruturado. A gente pensa em colocar um restaurante e termos mais equipamentos, gerar empregos. Através desse programa, eu vejo esse futuro, porque ele já nos proporcionou qualidade de vida e nos faz pensar que a gente pode crescer, ter uma empresa e frutificar. Inclusive, só temos  a agradecer à equipe do governo por realizar esse trabalho importante de priorizar as famílias carentes do nosso Maranhão”, afirmou Carlos.

 

Mais empregabilidade

Em São Luís, a atuação do Setor de Intermediação e Geração de Emprego e Renda (Siger), da Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres), estão diretamente ligadas à cidadania, ajudando a população ludovicense a alcançar uma melhor qualidade de vida e construindo uma sociedade mais justa e inclusiva.

A partir do foco na promoção do trabalho digno, o Governo do Maranhão tem avançado por meio de programas e ações como a intermediação de mão de obra, que é realizada pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine) e envolve o cadastro de trabalhadores, verificação de oportunidades, encaminhamento, orientação, cadastro do empregador, captação de vagas e administração de vagas, além do serviço de seguro-desemprego.

Outros exemplos são o programa Trabalho Jovem, que é uma ação realizada pela Siger em parceria com o Sine, com o objetivo de apoiar financeiramente empresas que contratam jovens, formalizando contratos de trabalho; e o programa Jovem Aprendiz, em que o governo acompanha processos de seleção de jovens aprendizes em várias empresas e incentiva a inclusão de pessoas com deficiência.

O secretário do Trabalho e Economia Solidária (Setres), Luiz Henrique Lula, destaca que o Maranhão tem se reinventado para garantir a inclusão e expansão do mercado de trabalho, inclusive, no sentido da busca por parcerias, investimentos em capacitação e inserção dos jovens no mercado de trabalho.

"Somos também intermediários da mão de obra local para mostrar para o empregador, que ele não precisa buscar fora do estado um perfil de qualidade, porque nós temos ótimos profissionais no nosso banco de dados e podemos encontrar o perfil procurado para a vaga adequada. E, deste modo, todo mundo ganha: o empresário, que localiza a mão de obra que deseja com serviço de recursos humanos gratuito e de qualidade; o profissional, que ganha uma oportunidade; e, o estado, reduzindo o desemprego e fazendo a economia girar", pontuou o titular da Setres.

 

Viva/Procon

Como forma de assegurar mais cidadania, a mais recente unidade do Viva/Procon foi inaugurada neste mês de agosto, em São Luís. Com mais conforto, acessibilidade e flexibilidade no atendimento com oferta de serviços ao público, de domingo a domingo, a 73ª unidade do órgão agradou aos cidadãos e consumidores que precisam dos serviços de cidadania e defesa de direitos.

Localizada no segundo piso do São Luís Shopping, com mais de 30 guichês de atendimento e mais de 15 serviços, outro diferencial que tem agradado ao público que conhece a unidade é o espaço dedicado ao Núcleo Pró-Inclusão.
O Viva/Procon São Luís Shopping é uma mega unidade, que conta com os serviços de emissão de documentos, como 1ª e 2ª via da carteira de identidade (RG), antecedentes criminais, CPF, carteira de trabalho digital, título de eleitor e outros serviços do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), além de balcões de atendimento da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Equatorial, Policlínica, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), entre outros.

“Nosso plano de expansão continua. Já alcançamos a marca de 73 unidades e, seguindo as determinações do governador Carlos Brandão, nosso objetivo é levar os serviços básicos e a garantia de direitos oferecidos pelo Viva/Procon aos 217 municípios maranhenses”, afirmou a presidente do órgão, Karen Barros.

 

Travessia

Entendendo a acessibilidade como um princípio fundamental para garantir a cidadania, o Governo do Estado, por meio do Programa Travessia, executado pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), tem assegurado transporte gratuito, porta a porta, e mais condições de mobilidade para pessoas com deficiência, crianças com micro e hidrocefalia e outras doenças neurológicas, além de idosos, pessoas hipossuficientes e autistas, em São Luís.

São realizadas, em média, nove viagens diariamente, sendo a maioria solicitações para terapias e tratamentos de saúde. Para ser incluído, é feito cadastro e, para as viagens, o agendamento com até 48h de antecedência. O serviço inicia a partir das 8h, buscando o público em suas residências e levando às terapias; e segue até as 20h. O serviço pode ser acionado ainda, para esporte, lazer e educação.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias