Domingo, 14 de Julho de 2024
29°

Parcialmente nublado

São Luís, MA

Educação EDUCAÇÂO

Comissão de Educação recebe representantes dos professores da Uema e UemaSul

Durante a reunião, foram relatados os motivos que levaram os professores a paralisarem as atividades nesses dois campi.

14/09/2023 às 19h18
Por: wallyson sousa
Compartilhe:
Comissão de Educação recebe representantes dos professores da Uema e UemaSul


Integrantes da Comissão de Educação, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa reuniram-se, na manhã desta quarta-feira (13), com membros do Sindicato dos Docentes das Universidades Estaduais Públicas do Maranhão (Sinduema). Na reunião, foi discutida a pauta de reivindicações dos professores em estado de greve desde o dia 24 de agosto.

Ao abrir a reunião, o presidente da Comissão, deputado Ricardo Arruda (MDB), concedeu a palavra ao presidente do Sinduema, professor Bruno Ramos. Ele relatou os motivos que levaram os professores a paralisarem as atividades nos campi da Uema e UemaSul.

Ramos explicou que o sindicato reivindica recomposição salarial integral de 50,28% nos vencimentos em razão de perdas acumuladas de julho de 2012 a fevereiro deste ano.

Os sindicalistas informaram que lutam, também, por isonomia salarial entre professores efetivos e substitutos de acordo com a titulação; nomeação imediata de aprovados em concurso público na Uema e UemaSul; concurso para diminuição da proporção entre substitutos e efetivos; recomposição do orçamento das duas universidades e conclusão imediata das obras do novo campus da Uema em Balsas.

“É importante assinalar que o sindicato se encontra aberto ao diálogo franco, democrático e responsável com o governo estadual para atendimento das reivindicações da categoria”, declarou Bruno Ramos.

Além de Ricardo Arruda, a reunião contou com a presença dos deputados Rodrigo Lago (PCdoB), Leandro Bello (Podemos), Carlos Lula (PSB), Júlio Mendonça (PCdoB) e Wellington do Curso (PSC). Os parlamentares ouviram atentamente as reivindicações dos sindicalistas.

Rodrigo Lago, vice-presidente da Assembleia, enalteceu a iniciativa da Comissão abrir um canal de diálogo com os grevistas.

“Esta reunião, com certeza, é o primeiro passo para uma mediação e interlocução com o Governo do Estado para que, da maneira mais rápida possível, possamos encontrar um denominador comum e atender as reivindicações dos professores, evidentemente que se levando em conta a capacidade financeira do Estado”, declarou Lago.

Ricardo Arruda abriu uma discussão sobre cada item da pauta apresentada pelos sindicalistas presentes na reunião: Bruno Ramos, Saturnino Moreira, João Coelho, Silvana Menezes e Moisés dos Santos Rocha.

Ao final da reunião, Arruda disse que a Assembleia Legislativa tem interesse em fazer a mediação da greve por meio do diálogo com os grevistas e os representantes do Governo do Estado.

“Neste momento, é indispensável que se possa ouvir as duas partes, buscando um consenso. A pauta é justa e estamos dispostos a fazer esta ponte de mediação”, declarou Ricardo Arruda.

Os deputados informaram que o próximo passo será trabalhar para que o Governo do Estado receba a representação sindical para encaminhamento de soluções à pauta de reivindicações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias