Domingo, 14 de Julho de 2024
31°

Parcialmente nublado

São Luís, MA

Geral PRF

Identificados maranhenses mortos em acidente com ônibus que seguia de Barra do Corda para o DF

O ônibus fazia o trajeto do Maranhão para Brasília

22/10/2023 às 15h20 Atualizada em 22/10/2023 às 15h45
Por: wallyson sousa
Compartilhe:
Identificados maranhenses mortos em acidente com ônibus que seguia de Barra do Corda para o DF

Três maranhenses estão entre as vítimas do acidente de ônibus ocorrido na noite desse sábado (21), na BR-070, na altura de Ceilândia, no Distrito Federal. Os maranhenses que morreram foram identificados como João Freire de Sousa, de 57 anos, natural de Coroatá; Maria de Deus Fernandes Crateus, 64, natural de Caxias; e Maria Eliete Gomes da Silva, 57, natural de Barra do Corda. A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Distrito Federal.

O ônibus fazia o trajeto do Maranhão para Brasília. Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o ônibus estava irregular e se envolveu no acidente após tentar fugir de uma fiscalização.

O ônibus tombou no canteiro central da BR-070, na altura de Ceilândia. Uma testemunha filmou o momento em que o ônibus tombou.

Em nota, a ANTT diz que o veículo foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo o texto, a corporação e fiscais da agência constataram que o transporte de passageiros estava sendo feito de forma clandestina.

Em seguida, o veículo seria escoltado até o terminal rodoviário de Taguatinga, onde os passageiros seguiram viagem por linha regular, sob responsabilidade da empresa infratora. No entanto, segundo a ANTT, o motorista do ônibus tentou fugir pela BR-070, causando o acidente.

Ainda segundo a ANTT, além do veículo não ter autorização para transportar passageiros, ele estava sem seguro e com pneus carecas. O caso é investigado pela Polícia Civil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias